Comércio irregular derruba mais um no calçadão de Bangu

O mês de maio passou e levou consigo mais uma vitima do comércio irregular.

Sufocada por muitas centenas de pontos de vendas irregulares instalados na Avenida Cônego de Vasconcelos  – calçadão de Bangu -,  mais uma rede de lojas fechou as portas. A Magal, que já tinha saído do Calçadão de Campo Grande, encerrou suas atividades em Bangu neste mês de maio. A rede Mac Donald fez o mesmo no ano passado. O alto  índice das despesas administrativas e operacionais, e a concorrência desleal que sofre do comércio irregular foi o principal motivo.


“Até a logística fica prejudicada, caminhões de entrega tem dificuldades para entrar no calçadão, os consumidores não tem onde parar para respirar quando saem das lojas, se veem entre barracas e bancas, em corredores estreitos disputando espaço e tentando se livrar de várias ameaças. Isso não é ambiente para negócios, os bons vão fechar as portas, só os aventureiros ilegais aceitam isso”, comentam os lojistas.
Com mais esse fechamento a rede de Lojas Magal se livrou dos calçadões invadidos pelo poder paralelo e manteve apenas as lojas do Meier, Bonsucesso, Taquara e Penha.

Postado em _Slider, Economia, Noticias